sábado, 30 de agosto de 2008

Cristo, uma história de amor

Não houve e nunca haverá uma história tão linda como a de Jesus. Nem os melhores contos românticos e épicos podem se igualar à vida de Cristo.
Jesus era um ser supremo, vivia na glória, mas não se conformava de ver as criaturas deste mundo serem maltratadas. Resolveu então descer, sendo reduzido a simples mortal.
Deixou o céu e todo o seu poderio para viver como um ser humano.
Na Terra, viveu naturalmente sua infância e adolescência, ate que, depois de batizado e anunciado por João Batista, veio a assumir o seu posto de Messias. Desde então, este homem fez grandes milagres, expulsou demônios, curou enfermos.
E o que Ele ganhava com isso?
Nada!
Jesus fazia tudo isto porque amava aquele povo. O povo não entendia o porque disso. Esperavam um rei que os livrasse das mãos dos romanos. No entanto apareceu Este, que era pobre, humilde, não se vestia como um rei, não se portava como u rei, mas tão somente curava e perdoava o povo. O povo não podia entender o seu propósito.
De repente, este homem é preso, é julgado. O povo, sim! O povo! Aqueles que andavam com Cristo, que receberam e presenciaram grandes milagres, o condenavam. “Antes o homicida. Mas este, tire-o daqui. Mate-o!”
Mas como poderia o povo dizer estas coisas?! Até os querubins e serafins não compreendiam. Por que o Filho largou tudo para ser humilhado na Terra.
O céu já não era o mesmo.
Então Jesus é condenado. Ele, com todo o seu poder, não podia fazer nada. Estava tudo planejado. Jesus teria que passar por toda esta humilhação e sofrimento. E Jesus foi crucificado. O seu estado, estava todo deformado, o seu corpo, irreconhecível. Até o Pai virou às costas para o Filho. O povo dizia: — “não é você o Cristo? Escapa-te então desta!”
Alguns escarneciam, outros, em grande arrependimento, diziam: — “Não precisava dizia:
— “Pai! Tenha misericórdia deste povo, pois não sabem o que fazem.”
Jesus estava tanto! O que o fizeram!” Jesus era escarrado, espancado. E mesmo assim, ainda todo desconfigurado, já era quase a sua hora! Ele agonizava. Então ele parte. Os céus e terra prestam continência. O céu se fecha como uma cortina negra e a terra toda se estremecem. O messias se foi!
Parece ser o fim. Mas de repente, e três dias depois, algo extraordinário acontece. O corpo de Cristo some de seu túmulo.
JESUS RESSUSCITOU!

Isto sim é que é amor! Nunca o mundo conheceu um homem tão bom e justo, que foi capaz de derramar o seu sangue pela humanidade. Homem igual este nunca houve e jamais haverá. Para que Ele fizesse isto, somente uma grande paixão.


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...