quinta-feira, 4 de abril de 2013

Pastor Marco Feliciano e os direitos humanos

Postagem interessante do Pr. Altair Germano em seu blog, que compartilho aqui.




O pastor e deputado Marcos Feliciano representa na Câmara todos os evangélicos do Brasil?

R - Não. Ele representa apenas os seus eleitores.


O pastor e deputado Marcos Feliciano foi infeliz em algumas de suas declarações de ordem teológica?

R - Sim. Leia o artigo do pastor José Gonçalves sobre a questão AQUI


O pastor e deputado Marcos Feliciano é racista e homofóbico?

R - Entendo que não. Tais afirmações são ataques de cunho meramente político.


O pastor e deputado Marcos Feliciano tem, conforme declarou em entrevista, o apoio dos 24.000 pastores (números redondos) que participarão da 41ª AGO da CGADB em Brasília? (Veja a entrevista AQUI)

R - Não. A questão poderá ser tratada em Brasília, mas ainda não há, até onde sei, posição oficial da CGADB sobre o assunto.


A questão que envolve a indicação do pastor e deputado Marcos Feliciano para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara é um problema da Igreja?

R - Não. É um problema político, fruto dos esquemas e acordos internos dos partidos na Câmara. Que ninguém transforme o episódio numa "guerra santa" entre evangélicos e ativistas do movimento gay.


O pastor e deputado Marcos Feliciano é digno de nossas orações?

R - Sim


Fonte: www.altairgermano.net

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...