sexta-feira, 22 de março de 2013

Jean Willys em entrevista polêmica acusa pastores da violência contra gays e se diz eleito pela força dos orixás.




Circula nas redes sociais evangélicas um vídeo com trechos de uma entrevista concedida no ano passado pelo ativista e deputado Jean Willys entremeados por palavras de ordem, música funesta e edição sensacionalista. O material original é parte do programa Sem Censura exibido no canal Brasil.

As declarações do ativista são, de fato, polêmicas e fortes. Da mesma forma, são igualmente graves os fatos relatados acerca de crimes de ódio.

Willys defende as suas convicções, obviamente, muito diferentes das crenças da maioria dos evangélicos. O ativista vai adiante e apresenta uma opinião acerca do papel da psicologia na questão homossexual tão panfletária de sua causa quanto são as opiniões que combate e mostra que o equilíbrio e a tolerância que tanto preconiza também estão distantes do seu discurso.

Contudo, entendendo que é fundamental avaliar toda a entrevista a fim de pesar a gravidade das declarações, no contexto em que foram feitas, bem como, rebater generalizações, Genizah oferece aos seus leitores a versão integral, sem cortes e sem montagem, do programa.

Um dos aspectos mais polêmicos da entrevista é a surpreendente revelação do entrevistado acerca da sua religiosidade, o que provoca estranhamento diante do seu discurso habitual.


A participação de Jean Willys se inicia aos vinte minutos e quinze segundos do vídeo (20:15). As declarações polêmicas estão logo adiante e seguem até os quarenta e tantos minutos. Assista, reflita e comente:



Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...