terça-feira, 12 de junho de 2012

CGADB, o que dizer disso?

A cada dia a situação fica mais difícil, o que teremos no futuro para a CGADB?
Que Deus tenha misericórdia
Assista e tire suas conclusões. 



2 comentários:

Anônimo disse...

Pr. Moisés Araújo, diz:


Meu querido o vídeo foi editado e manipulado.

E vc sabe a culpa de tudo isso é do presidente da CGADB que não aceita em hipotese alguma nenhum pretendente ao cargo dele. Por isso que ninguém se candidata a presidência da CGADB. O unico que tem coragem é Samuel e por isso é prejudicado. Emias: isso prova que o pr. José Weligton Bezerra da Costa aprova as coisas sem maioria nas Ages e Agos da vida. Isso é o fim!

Pr.Daniel S Acioli disse...

Tomo a liberdade de postar o seguinte comentário feito por mim no conceituado blog: PointRhema....

Meu Nobre amigo e irmão em Cristo!

Pr. Carlos Roberto!

Tive a oportunidade de ler o post acima na sua primeira exposição e hoje vejo que o seu raciocínio, visão estava, está nítido e atualissimo!

Estivemos em Maceió - AL e mais uma vez fomos testemunhas de como se arrebenta com uma reunião, dando prejuízo a centenas de obreiros, que gastaram dos dizimos e ofertas de fiéis, suas despesas de locomoção e afins!

Foi rídiculo ver a orquestração logo nas primeiras horas do inicio das sessões, pastores(?) diziam: -- Não vai aprovar nada aqui!
- Não vamos deixar!
- Poder não se conquista, se toma!
- Quantas cadeiras tem no plenário? 5000 Mil?
- Sobra umas três mil para quebrar na cabeças deles!

(Quem eram essas pessoas? Seriam infiltrados para prejudicar a AGE?)

Deus sabe com certeza!

Quero crer e dar o beneficio da dúvida, pois não posso aceitar que homens de Deus tenha esse tipo de atitude!

Jamais!

Jamais!

Iniciada a sessão e no decorrer do dia as discussões até que fluiram, cheguei a comentar com um de nossos companheiros:Poxa se continuar assim, vai ser bom não ver episódios lamentaveis de outras ocasiões, lêdo engano de minha parte!

Ora!

O que me chama atenção nos comentários é que ninguem fala sobre o que foi proposto a inserir no estatuto?

"É Vedado aos pastores das Assembleias de Deus no Brasil realizarem casamento que contrariem os ensinos biblicos...." (Não própriamente nestes termos de redação) Quem estava lá sabe o teor da proposta e é contra isso que essa turba de bardeneiros se levantaram!

Nos artigos propostos para serem incluídos no estatuto, nenhum deles beneficiaria a quem quer que seja, a não ser a própria denominação chamada de Assembleia de Deus, da qual sou membro!

Confesso que estou cansado de ver tumultos, palavras de ordens, de contra ordem, pela ordem, que culminam sempre em desordem!

Minha pergunta é: Se antes de começarem as sessões por que afirmavam que nada seria aprovado?

Isto só pode nos levar a uma dedução: Vamos mostrar quem somos nós!

Que Deus se apiede de sua igreja, por que não concebo a idéia de ser pastoreado por incitadores de bagunça, tumulto e agressões verbais!

Minha escola é outra!

Pois quando se perde o temor a Deus, o que falar de homens?

Um abraço.

Pastor Daniel Sales Acioli

Presidente do Ministério das Assembleias de Deus em Apucarana - Paraná

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...