sábado, 11 de julho de 2009

Repreensão

Fifa repreende comemoração religiosa do Brasil na Copa das Confederações

I belong to Jesus - Eu pertenço a JESUS
Frase de Kaká e outros jogadores
A comemoração da seleção pelo título da Copa das Confederações e o comportamento dos jogadores brasileiros após a vitória sobre os Estados Unidos causam polêmica na Europa.
A queixa é de que o time brasileiro estaria usando o futebol como palco para a religião. A Fifa confirmou ao Estado que mandou um alerta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo moderação na atitude dos jogadores mais religiosos, mas indicou que por enquanto não puniria os atletas, já que a manifestação ocorreu após o apito final.
Ao virar o jogo contra os EUA, os jogadores da seleção fizeram uma roda no centro do campo e oraram. A Associação Dinamarquesa de Futebol é uma das que não estão satisfeitas com a Fifa e quer posição mais firme. Pede punições para evitar que isso volte a ocorrer. Com centenas de jogadores africanos, vários países europeus temem que a falta de uma punição por parte da Fifa abra caminho para extremismos religiosos e que o comportamento dos brasileiros seja repetido por muçulmanos que estão em vários clubes europeus hoje.
Tanto a Fifa quanto os europeus concordam que não querem que o futebol se transforme em um palco para disputas religiosas, um tema sensível em várias partes do mundo. Mas, por enquanto, a Fifa não ousa punir a seleção brasileira. “A religião não tem lugar no futebol”, afirmou Jim Stjerne Hansen, diretor da Associação Dinamarquesa. Para ele, a oração promovida pelos brasileiros em campo foi “exagerada”. “Misturar religião e esporte daquela maneira foi quase criar um evento religioso em si. Da mesma forma que não podemos deixar a política entrar no futebol, a religião também precisa ficar fora”, disse o dirigente ao jornal Politiken, da Dinamarca.
Ao Estado, a entidade confirmou que espera que a Fifa tome “providências” e que busca apoio de outras associações. As regras da Fifa de fato impedem mensagens políticas ou religiosas em campo. A entidade prevê punições em casos de descumprimento. Por enquanto, a Fifa não tomou nenhuma decisão e insiste que a manifestação religiosa apenas ocorreu após a partida. Essa não é a primeira vez que o tema causa polêmica.
Ao fim da Copa de 2002, a comemoração do pentacampeonato brasileiro foi repleta de mensagens religiosas. A Fifa mostrou seu desagrado na época. Mas disse que não teria como impedir a equipe que acabara de se sagrar campeã do mundo de comemorar à sua maneira. A entidade diz que está “monitorando” a situação. E confirma que “alertou a CBF sobre os procedimentos referentes ao assunto”. A Fifa alega que, no caso da final da Copa das Confederações, o ato dos brasileiros de se reunir para orar ocorreu só após o apito final. E as leis apenas falam da situação em jogo.
Por meio de sua assessoria de imprensa, a CBF informou que não recebeu nenhuma queixa da Fifa e, por isso, não vai comentar o assunto. Tema recorrente Nos últimos anos, o tema da religião no futebol ganhou uma nova dimensão. Frank Ribery, artilheiro francês, provocou polêmica há poucas semanas ao ser flagrado por uma câmera orando pelos costumes muçulmanos. Recentemente, dois jogadores bósnios do time norueguês Sandefjord comemoraram um gol se ajoelhando e orando da forma tradicional muçulmana. Um outro jogador do mesmo time não se conteve e fez gestos vulgares aos dois atletas.
Acredito que entidade que rege o futebol no mundo, A FIFA queira permitir palavrões, chingamento entre os jogadores, violencia netre torcida nos estádios e fora deles, quem sabe as comemorações devam ser do tipo "Matador” gestos obsenos e outros tipo de comemorações que nãos nos permite registrar. Porém quando um grupo de atletas que tem o libre arbitrio e mesmo após o tempo regulamnetar findado resolve comemorar a vitória orando e agradecendo a Deus, essa entidade ( FIFA) não aceita e repreende. Como diria um apresentador "Isso é uma vergonha"

Caros irmãos e amigos, lembramos da orientação de Paulo na carta aos Romanos 12:2


Não vos conformeis com este século , mas transformai-vos pela renovação da vossa mente.



2 comentários:

delmirene disse...

Gostei muito do texto acima. E tudo o que foi dito é verdade. É revoltante ver que atitudes que degradam tanto a integridade física quanto a moral do ser humano são defendidas, enquanto o gesto de agradecer a Deus por conquistas e vitórias seja impedido de tal maneira. Mas a palavra de Deus é bem clara quando fala que muitos seriam perseguidos em nome Dele. Mas tenho certeza que Deus vai honrar aqueles que O honram de todo coração.. Que Deus continue abençoando a todos, em nome de Jesus.. ASS: Karine

Projeto Você para Deus disse...

Ola Graça e paz!! Gostaria de parceria? http://pvpd.blogspot.com/ Nos mande resposta! Fica na paz!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...