segunda-feira, 28 de abril de 2008

Alto Preço

George Tomas, um pregador Inglês, apareceu um dia em sua pregação carregando uma gaiola e a colocou no balcão, e começou a falar:

Estava andando pela rua ontem, e vi um menino levando essa gaiola com 3 pequenos passarinhos dentro com frio e com medo.

Eu perguntei:
– Menino o que você vai fazer com esses passarinhos?

Ele respondeu:
– Leva-los para casa tirar as penas e queima-los, vou me divertir com eles.

– Quanto você quer por esses passarinhos menino? O menino respondeu:

–O senhor não vai querê-los, eles não servem para nada, são feios!

O pregador os comprou por 10 dólares! E os soltou em uma árvore!

* * * * *

Certo dia um outro dialogo aconteceu

Jesus perguntou a Satanás o que ele estava fazendo para as pessoas aqui na terra.

Ele respondeu:
Estou me divertindo com elas, ensino a fazer bombas e a matar, a usar revolver, a odiar umas a outras, a casar e a divorciar, ensino a abusar de criancinhas, ensino a jovens usar drogas, a beber e fazer tudo o que não se deve!
Estou me divertindo muito com eles!

Jesus perguntou:
E depois o que você vai fazer com eles?

Vou mata-los e acabar com eles!

Jesus perguntou:
Quanto você quer por eles?

Satanás respondeu:
Você não vai querer essas pessoas, elas são traiçoeiras, mentirosas, falsas, egoístas e avarentas!
Elas não vão te amar de verdade, vão bater e cuspir no Teu rosto, vão te desprezar e nem vão levar em consideração o que você fizer!

Quanto você quer por elas Satanás?
Quero toda a tua lágrima e todo o teu sangue!

Trato feito!

E...Jesus pagou o preço da nossa liberdade!

Caro amigo, reflita, analise, pois hoje infelizmente muitos não dão o devido valor ao sacríficio de Cristo.
Permita Deus que todos nós venhamos
a ter conciencia da situação e honrar a Cristo Jesus, nosso SENHOR E SALVADOR.



segunda-feira, 21 de abril de 2008

Salvação de almas

Este final de semana em Toledo Pr., eu e minha esposa estivemos participando de um grande trabalho de Evangelismo, minha esposa louvou ao Senhor e nós por bondade de Deus ministramos a palavra de Deus com base no verso de Zacarias 9:12, a glória de Deus tomou conta de muitas vidas foi tremendo o que Deus fez, para alegria de toda a igreja 19 almas retornaram para a Casa Paterna entre elas uma foi Batizada com o Espírito Santo além de outras vidas que foram renovadas na graça de Deus, ao final um grande Pentecoste tomou conta de todos os presente, foi lindo ver o agir de Deus em nossas vidas.

Ao Senhor Deus toda Glória.





Irmã Elizabete Louvando ao Senhor


sábado, 19 de abril de 2008

Retornando ao lar.

"E, [o filho pródigo] levantando-se, voltou para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou"
Lc.15:20.



Foi em Glasgow, na Escócia, que esta história se passou.
Uma adolescente fugiu de casa para viver "sua" liberdade, mas logo caiu na realidade
da vida. Sem dinheiro para se manter e sem coragem de voltar para casa, acabou por
entrar no mundo da prostituição.
Os anos se passaram, mas, apesar da saudade dos pais, ela nunca mais tentou qualquer
contato com eles.
Seus pais sempre a procuraram, em vão, porém, desde a morte do seu pai (que ela nem
ficou sabendo), sua mãe intensificou as buscas, deixando um cartaz de "Procura-se"
em qualquer
lugar onde lhe permitissem.
Neste cartaz a mãe havia colocado sua própria foto, escrito embaixo:
"Eu ainda amo você. Volte para casa".
Os meses se passaram sem qualquer notícia, até que um dia, numa fila de sopa para
pessoas carentes, a moça viu a foto da sua mãe, que apesar de ter envelhecido
bastante, ainda conservava o mesmo olhar que ela guardava em suas lembranças.
Não pode conter a emoção e, naquele dia mesmo, voltou para casa. Era tarde da noite
quando chegou. Tímida, ela se aproximou da porta. Ia bater, mas ela se abriu sozinha.
Entrou assustada, apavorada com a idéia de que algum ladrão tivesse invadido a casa
e "sabe lá Deus o quê" poderia ter feito.
Correu para o quarto e viu sua mãe dormindo. Acordou-a. Ambas choraram muito.
Abraçaram-se. Reconciliaram-se.
Lembrando-se da porta aberta, a moça disse:
- Puxa, mãe, levei um susto tão grande quando cheguei.
- Por que, minha filha?
- É que a porta da frente estava aberta e eu pensei que algum ladrão tivesse
invadido a casa. Você precisa tomar mais cuidado, mãe. Não pode mais esquecer a
porta aberta.
- Não meu amor, você não está entendendo. Eu não esqueci a porta aberta.
Desde o dia em que você foi embora, esta porta nunca mais foi fechada.


Quantos filhos pródigos existem por ai, e muitas vezes com a mente cauterizada, agora
é a hora de anunciar-mos a palavra de Deus, para que vejam a situação em que vivem e
assim possam também voltar ao lar, onde o PAI espera de braços aberto.

Deus vos abençoe.
 


Vitória no deserto

Vitória no Deserto


Sinopse:
A vida no deserto é um período que todo crente tem de passar se quiser viver em íntima comunhão com o Senhor. A leitura deste livro trará o encorajamento necessário à nossa jornada na busca de Deus. É assim que você ora? Sua vida espiritual estancou ou, pior, você sente que regrediu? Você se pergunta o que teria feito para desagradar a Deus e tê-lo perdido de vista? Quem sabe não é bem assim… O que você não sabe é que chegou ao deserto! Não perca de vista o propósito do deserto para você. Você não foi rejeitado, mas Deus achou um jeito de aperfeiçoar a sua vida. Ele colocou você na mesma estrada na qual caminharam os patriarcas e profetas… eles pavimentaram a estrada que leva ao mover de Deus. Deus quer que você tenha Vitória no Deserto. Este livro trata-se dos seguintes assuntos: - O processo que Deus usa para nos aperfeiçoar - Será preciso mesmo passar pelo deserto? - Qual o alvo da verdadeira unção profética? - Quais os ingredientes necessários para sermos usados por Deus? - Enfrentando oposição e tribulações. John Bevere é evangelista e profeta, que percorre todo os Estados Unidos e vários outros países com forte ministério de libertação. É autor de vários “bestsellers”, alguns deles publicados pela Editora Atos. John é casado com Lisa, tem quatro filhos e reside no estado do Colorado.

Link pra baixar


Créditos:
http://ebooksgospel.com.br/blog/



segunda-feira, 14 de abril de 2008

Fácil e difícil

Amigos,

Os dias nos oferecem momentos que muitas vezes não entendemos, e as vezes queremos questionar a Deus, mas uma coisa é certa tudo depende de nós e de nossas atitudes, então se soubermos viver e conviver, com certeza teremos uma vida melhor.

Fácil é quando se tem palavra em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer...

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros...

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas horas e dizer sempre a verdade quando for preciso...

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo lhe deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece...

Fácil é viver sem ter que se preocupar com o amanhã.
Difícil é questionar e tentar melhorar suas atitudes impulsivas e às vezes impetuosas, a cada dia que passa...

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração...

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto...

Fácil é brincar como um tolo.
Difícil é ter que ser sério...

Fácil é dizer "oi", ou "como vai ?".
Difícil é dizer "adeus"...

Fácil é abraçar, apertar a mão.
Difícil é sentir a energia que é transmitida...

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só...

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência...

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta...

Fácil é querer ser o que quiser.
Difícil é ter certeza do que realmente és...

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar (ou vice-versa)...

Fácil é beijar.
Difícil é entregar a alma...

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém...

Fácil é ferir quem nos ama.
Difícil é tentar curar esta ferida...

Fácil é ditar regras.
Difícil é segui-las...

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho...

Fácil é exibir sua vitória a todos.
Difícil é assumir a sua derrota com dignidade...

Fácil é admirar uma lua cheia.
Difícil é enxergar sua outra face...

Fácil é viver o presente.
Difícil é se desvencilhar do passado...

Fácil é saber que está rodeado por pessoas queridas.
Difícil é saber que está se sentindo só no meio delas...

Fácil é tropeçar em uma pedra.
Difícil é levantar de uma queda, toda machucada...

Fácil é desfrutar a vida a cada dia.
Difícil é dar o verdadeiro valor a ela...

Fácil é orar todas as noites.
Difícil é encontrar Deus nas pequenas coisas...


Medite,

"Bem aventurado o homem que acha a sabedoria, e o homem que adquire conhecimento"Pv.3:13




sexta-feira, 11 de abril de 2008

Uma história de Amor

Não houve e nunca haverá uma história tão linda como a de Jesus.
Nem os melhores contos românticos e épicos podem se igualar à vida de Cristo.
Jesus era um ser supremo, vivia na glória, mas não se conformava de ver as criaturas deste mundo serem maltratadas; resolveu então descer, sendo reduzido a simples mortal.

Deixou o céu e todo o seu poderio para viver como um ser humano, na Terra, viveu naturalmente sua infância e adolescência, ate que, depois de batizado e anunciado por João Batista, veio a assumir o seu posto de Messias.

Desde então, este homem fez grandes milagres, expulsou demônios, curou enfermos.

E o que Ele ganhava com isso? Nada! Jesus fazia tudo isto porque amava aquele povo.
O povo não entendia o porque disso, pois esperavam um rei que os livrasse das mãos dos romanos, no entanto apareceu Este, que era pobre, humilde, não se vestia como um rei, não se portava como um rei, mas tão somente curava e perdoava o povo.

O povo não podia entender o seu propósito, d
e repente, este homem é preso, é julgado.

O povo, sim! o povo!

Aqueles que andavam com Cristo, que receberam e presenciaram grandes milagres, o condenavam. “Antes o homicida. Mais este, tire-o daqui. Mate-o!”
Mas como poderia o povo dizer estas coisas?! Até os querubins e serafins não compreendiam, por que o Filho largou tudo para ser humilhado na Terra, o céu já não era o mesmo.
Então Jesus é condenado.
Ele, com todo o seu poder, não podia fazer nada.
Estava tudo planejado, Jesus teria que passar por toda esta humilhação e sofrimento, sendo então Jesus crucificado, o seu estado, estava todo deformado, o seu corpo, irreconhecível, até o Pai virou às costas para o Filho.

O povo dizia: — “não é você o Cristo? Escapa-te então desta cruz!”
Alguns escarneciam, outros, em grande arrependimento, diziam: — “Não precisava", no entanto Ele dizia:“Pai! Tenha misericórdia deste povo, pois não sabem o que fazem.”

Jesus estava tanto! O que o fizeram! Jesus era escarrado, espancado, e mesmo assim, ainda todo desconfigurado, já era quase a sua hora! Ele agonizava.

Então ele parte, os céus e terra prestam continência, o céu se fecha como uma cortina negra e a terra toda se estremece.

O messias se foi!


Parece ser o fim.

Mas de repente, três dias depois, algo extraordinário acontece, o corpo de Cristo some de seu túmulo. JESUS RESSUSCITOU!


Isto sim é que é amor! Nunca o mundo conheceu um homem tão bom e justo, que foi capaz de derramar o seu sangue pela humanidade. Homem igual este nunca houve e jamais haverá. Para que Ele fizesse isto, somente uma grande paixão.


quarta-feira, 9 de abril de 2008

História dos Hebreus


História dos Hebreus

De Abraão à queda de Jerusalém

Sinopse:

Tendo atravessado séculos até os nossos dias, a história do povo judeu, através do registro de Flávio Josefo, pemanece como o mais fidedigno elato dos acontecimentos contidos nas Escrituras.
Diversas razões contribuíram para tornar esta uma obra-prima, não apenas a magnitude do assunto, mas também o fato de seu autor ser tanto testemunha ocular quanto coadjuvante de alguns dos eventos por ele narrados. Além disso, o que se revela em História dos Hebreus é a confirmação das promessas de Deus para o seu povo e o cumprimento de sua Palavra em todos os fatos registrados em suas páginas.

O Autor:
De origem judaica, sendo também de linhagem sacerdotal, Flávio Josefo, um escritor e historiador judeu que viveu entre 37 e 103 d.c., escreveu a obra que se tornaria, depois da Bíblia, a maior fonte de informações sobre os impérios da Antiguidade, o povo judeu e o Império Romano.

Link para baixar: http://w16.easy-share.com/1700091591.html


Créditos:
http://ebooksgospel.blogspot.com/





terça-feira, 8 de abril de 2008

Paciência e tenacidade

"Se somos atribulados, é para a consolação e salvação de vocês; se somos consolados, é para consolação de vocês, a qual lhes dá paciência para suportarem os mesmos sofrimentos que nós estamos padecendo."
2 Coríntios 1.6


A busca pelos frutos do Espírito, como mansidão, longanimidade, domínio próprio, é um desafio que se apresenta a cada situação cotidiana. Imagine o que isso representa para os cristãos perseguidos, que são a minoria em seu país, ameaçados e ofendidos.

Na Colômbia, nossos irmãos padecem nas mãos dos guerrilheiros que seqüestraram, há seis anos, Ingrid Betancourt, ex-candidata à Presidência da França. Os grupos rebeldes têm fechado igrejas, assassinado pastores e expulsado cristãos das aldeias onde vivem (leia mais). Um verdadeiro desafio à mansidão.

Em Bangladesh, cristãos da vila de Sultanpur enfrentam forte oposição para a compra de um terreno onde será instalada uma igreja (leia mais). O dono do imóvel e sua família foram agredidos e ameaçados. Precisam de recuperação física e fortalecimento espiritual.

Na Rússia, as autoridades fecharam uma igreja metodista, sob a justificativa de que ela mantém uma escola dominical, mas sem licença do Ministério da Educação para ensinar (leia mais) - algo nunca exigido de nenhuma igreja antes. Um desafio à paciência.

Resistir à opressão que se apresenta de múltiplas formas, e dar um bom testemunho onde vivemos e com quem nos relacionamos, são grandes desafios que exigem quebrantamento e transformação à luz da Palavra de Deus.

www.portasabertas.org.br
Fone: (0--11) 5181 3330
Fax: (0--11) 5181 7525

terça-feira, 1 de abril de 2008

Saiba encher o balde

Um professor pegou um balde vazio e o encheu com bolas de golfe, quando terminou, perguntou aos alunos se o balde estava cheio. Eles concordaram que estava.
Ele pegou então cascalho, derramou no balde e chacoalhou levemente, o cascalho se espalhou pelos espaços entre as bolas.
Ele perguntou se o balde estava cheio, eles responderam que sim.
O professor pegou areia e a derramou no balde, a areia preencheu o espaço restante, ele perguntou mais uma vez e os alunos concordaram que estava cheio.
Então derramou duas xícaras de café no balde, preenchendo o resto.
Os estudantes riram.
"O balde representa a sua vida", disse o professor.
"As bolas de golfe são as coisas importantes: Deus, sua família, seusfilhos, sua saúde, seus amigos, coisas que preencheriam a sua vida, mesmo que o resto se perdesse.
O cascalho representa as outras coisas que tem valor como: seu trabalho, a sua casa, seu carro.
A areia, as coisas pequenas.
Se você coloca a areia no balde primeiro, não há espaço para o cascalho ou as bolas de golfe. O mesmo acontece com a vida.
Se você gasta todo o seu tempo e energia com coisas pequenas, nunca haverá espaço para as importantes”.
"Dê atenção principal, brinque com seus filhos, faça check-ups médicos, leve seu cônjuge para jantar, sempre haverá tempo para arrumar a casa e consertar coisas quebradas".
Cuide primeiro do que realmente importa.
Defina suas prioridades.
O resto é só areia".
Uma aluna perguntou o que o café representava.
O professor sorriu.
"Significa que, não importa quão cheia sua vida possa parecer, sempre há tempo para uma xícara de café com um amigo".

Comece pelo essencial, e o essencial é estar em paz e em comunhão com Deus.


Perigos para os blogs


Repassando...

Atenção blogueiros, alguns links de terceiros em forma de imagem, contadores ou textos, podem infectar o seu blog com parasitas que fazem com que spyware, malware e pop-ups indesejáveis (inclusive imagens pornográficas) apareçam na tela dos computadores dos leitores, podendo introduzir vírus.

Por vezes os sintomas da infecção podem ser percebidos com uma linha verde que aparece abaixo de algumas palavras nos posts.

Passei por esta constrangedora dificuldade a pouco tempo, solucionando a partir das instruções técnicas do Blogger. Transcrevo abaixo as orientações:

"Se os leitores estiverem reclamando que seu blog está acionando anúncios, pop-ups ou downloads de software indesejados, mas você não estiver fazendo isso intencionalmente, é possível que um recurso adicional de terceiros em seu blog tenha incluído um código e efeitos adicionais que você não esperava quando o adicionou ao seu blog. Eles podem ter a forma de contadores, tagboards ou anúncios. Esses tipos de recursos adicionais violam os Termos de Serviço do Blogger e devem ser removidos. Para fazer isso, basta inverter o processo que você utilizou para adicionar o recurso. Provavelmente será necessário clicar em Editar HTML na guia Configurações Modelo, localizar o código correspondente ao recurso adicional e removê-lo. Se você possuir vários recursos adicionais de terceiros, talvez precise testar um por um. Se estiver usando o recurso de Layouts, pode ser possível simplesmente excluir o widget que contém o recurso adicional ofensivo."

Dessa forma, deletei algumas fotos e imagens, como também alguns links de terceiros nos posts e resolvi o problema.

Repassem este alerta!

Postado pelo Pr. Altair Germano
http://blogueirosevangelicos.blogspot.com/2008/04/perigo-para-os-blogs.html




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...