quarta-feira, 16 de julho de 2008

Olhar sob outra perspectiva

“Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a degastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.”
2 Coríntios 4.16-17

Quando estamos sofrendo por causa do nome de Cristo, o tempo parece parar. Tudo fica demorado demais. Dependendo do trauma, as lembranças tentam nos impedir de prosseguir, mas o Senhor nos chama a olhar para essas situações sob outra perspectiva.
Nossos irmãos da Eritréia têm passado por situações terríveis. Além de serem encarcerados na prisão, eles sofrem tratamentos ainda piores porque são cristãos. No dia 28 de maio, policiais invadiram uma reunião de oração, prenderam todos os presentes e deixaram as crianças para trás (leia mais).
Do Irã, recebemos a notícia de que o líder da igreja doméstica Mohsen Namvar foi solto temporariamente para se recuperar dos maus tratos sofridos. Ele ainda não consegue contar à esposa sobre o que aconteceu na cadeia e passou dias tentando evitar que ela visse as marcas da tortura em seu corpo(leia mais).
Na Índia, o pastor Tulsi enfrenta calúnias de extremistas hindus que deram uma falsa queixa na polícia contra ele (leia mais). O pastor tem sido maltratado, mas agradece de coração a todos os que têm orado por ele.
O Senhor sabe o quanto podemos suportar. Encare as tribulações do presente como um exercício espiritual, que na hora dói, mas o deixará habilitado para toda a boa obra e apto para um futuro com Cristo.
Louve ao Senhor.

www.portasabertas.org.br
Fone: (0--11) 5181 3330
Fax: (0--11) 5181 7525


3 comentários:

Brazil Arise (Karen Kremes) disse...

Olá eu gostaria de parabenizar o seu blog com o “Prêmio Dardos”.

Saiba mais detalhes aqui:
http://brazilarise.blogspot.com/2008/07/prmio-dardos.html

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado irmão Jairo

Sempre que eu leio tais notícias eu me entristeço duplamente, e em graus diferentes.

A tristeza menor é do lado dos irmãos perseguidos e seus perseguidores. É uma batalha espiritual, cujo inimigo nós sabemos que não tem sangue e nem carne.

A tristeza maior é por causa dos irmãos que estão em um sono espiritual profundo. Eles confundem a Igreja de Cristo com denominações eclesiásticas; pensam que os inimigos deles são os seus irmãos de outras denominações. E talvez, até pensem que Jesus tenha sido o assembleiano membro nº 1.

É motivo para chorar ou não?

Abraço.

Eliseu Antonio Gomes
http://belverede.blogspot.com/

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro Ev. Jairo Elin

Passo por aqui para cumprimentá-lo. Nem sempre tenho a opottunidade de deixar um post, mas sempre que posso aqui venho para ler os seus ocmentários.

Abraços e que Deus lhe abençoe.

Pr. Geremias do Couto

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...