quarta-feira, 19 de março de 2008

Rede Globo e a preseguição

Caros amigos,

Ao longo da história, e em especial na história da Igreja Cristã vemos grandes levantes que marcaram a história da igreja com perseguições e discriminação.

No Brasil, mais precisamente no dia 12 deste mês vimos como esta mais visível do que nunca a perseguição a Igreja Evangélica no Brasil, a rede Globo ao exibir o capítulo da novela, que até o nome já deixa claro não ser boa coisa, alias qual novela é boa?, Duas Caras, ao mostrar cenas do referido capitulo, onde algumas pessoas que segundo a novela são “evangélicas”, estas pessoas seguem em direção a casa onde dois homens e uma mulher gestante mantêm um relacionamento amoroso, e onde um componente do trio amoroso é gay.

Na cena em que os “evangélicos” gritam: “nós vamos tirar o demônio de seu corpo e vai debaixo de pau e pedra” “eu sou a mão da força divina”, a cena se sucede até o momento em que uma das “evangélicas” atira uma pedra em direção a mulher acusada de manter uma relação amorosa com os dois homens, a partir dai se sucede a invasão da casa, não bastando invadir a casa a procura da mulher que fora atingida pela pedra, os “crentes” gritavam: “quem não quiser arder no fogo do inferno me siga”. O final da cena chega ser angustiante ao ver a tal “crente” esfaqueando o colchão e dizendo “o sangue de Jesus tem poder”.

Mas algo nos chama a atenção, é que o personagem homossexual quando agredido exclama dizendo: “o pecado está no preconceito, na intolerância, na violência”. Nesta hora fica visível a clara intenção da rede Globo, ao pronunciar essa frase o personagem gay, esta dando voz em horário nobre ao que dizem os grupos ligados ao movimento gay no Brasil. Palavras que usam contra a Igreja Evangélica, que com base nas Santas Escrituras repudiam e condenam tais atitudes.

Creio que a rede Globo agiu de forma tendenciosa, maliciosa, discriminadora, preconceituosa em relação aos cristãos evangélicos do nosso Brasil, ao expor a tal cena a rede Globo faz com que pessoas tendenciosas venham a jogar a opinião pública contra as Igrejas Evangélicas e seus líderes bem como todos os evangélicos, fazendo assim a sociedade ver os evangélicos como preconceituosos e intolerantes, tenho por certo que isto faz parte de um movimento onde visa trazer um sentimento de apoio dos políticos aos homossexuais e assim aprovarem o projeto PLC 122/2006 E PL 6418/2005, conhecido como lei anti-homofobia.

É hora de ficarmos atentos, pois a cada dia a situação tende a aumentar e se nós os verdadeiros Evangélicos não nos unirmos e orarmos a Deus as coisas irão para um caminho que podemos estar sendo perseguido somente por dizer que somos evangélicos.

Devemos sim continuar pregando a palavra de Deus, e dizer de alto e bom tom:

Deus ama o pecador, não o pecado. E é necessário que reconheçam a situação de pecado que vivem.




Um comentário:

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

Sempre foi perseguidora do evangelho e o interessante que a arma que eles estão usando é a união das religios,o pastor pede orientação a mãe dele (mãe de santo) e a outra é olho por olho e dente por dente...

Um dia a casa cai... esse dia é a volta do Senhor!

Edson Dorna

www.santodosantos.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...